Compartilhe:

Aprenda como fazer a dieta e por que ela pode ser uma boa opção para você.


A Dieta dos Pontos foi criada pelo Dr. Hapern, professor da USP, na década de 70. A ideia principal dessa forma de emagrecimento é que a pessoa pode ingerir qualquer tipo de alimento, desde que não ultrapasse a quantidade máxima diária de pontos.

No fim dos anos 60, após Dr. Halpern se formar, ele se deparou com uma grande quantidade de pacientes que enfrentavam o sobrepeso. Quando percebeu que a maioria das pessoas que o procuravam estavam em busca de uma possibilidade de conseguir emagrecer, Dr. Halpern decidiu encontrar uma maneira de ajudá-los a resolver o problema.

A solução que descobriu como a mais funcional foi não proibir o consumo de nenhum alimento. No entanto, o que fosse consumido com um alto índice de calorias deveria ser compensado com outros alimentos menos calóricos.

Para isso, ele estipulou um limite diário de pontos a serem ingeridos.  Assim, é possível comer absolutamente qualquer alimento que se tenha vontade, desde que não ultrapasse o limite estabelecido para o dia. Por esse motivo é indicado que a pessoa anote tudo o que comeu, para conseguir controlar a quantidade de pontos. O limite diário a ser consumido varia de acordo com a idade, o sexo e o nível de sedentarismo.

O sistema é bem simples, cada ponto equivale a 3,6 kcal e, antes de começar a dieta, você deve calcular qual a quantidade de pontos que se adéqua ao seu perfil.

Como calcular a quantidade de pontos

Para fazer esse cálculo, você precisa calcular a sua taxa de metabolismo basal (TMB), o seu índice de massa corporal (IMC) e seu nível de sedentarismo, fazendo uma conta bem simples. Parece complicado? Nós lhe ensinamos o passo a passo:

1. Encontre a sua taxa de metabolismo basal (TMB)

2. Descubra qual o seu nível de sedentarismo

Dieta dos Pontos - Aprenda a calcular o sue nível de sedentarismo.

3. Multiplique a taxa de metabolismo basal pela resultado obtido com o nível de sedentarismo e, em seguida, divida por 3,6.

Quer um exemplo? Então tome como exemplo uma mulher de 25 anos, com 90 kg, que pratica atividade física 3 vezes por semana, por 30 minutos. A sua TMB é 1.819 (14,7 X 90 + 496). Depois, multiplique esse valor por 1,35 (nível de sedentarismo). Assim, você chega ao resultado de 2.455,65 calorias.

Como na dieta dos pontos 3,6 calorias equivalem a 1 ponto, você divide o resultado obtido por 3,6. O resultado vai ser 682.

4. Calcule o seu índice de massa corporal (IMC)

Para calcular o IMC, você divide o seu peso (em quilos) pela multiplicação da sua altura (em metros). Usando o mesmo exemplo, suponhamos que a mulher tenha 1,65m de altura. Multiplique 90 kg por 1,65 X 1,65. Assim, temos 33,0 como IMC.

5. Consulte a tabela e subtraia o valor indicado dos pontos obtidos no passo 3

De acordo com o seu IMC, extraia a quantidade de pontos de acordo com a tabela.

Dieta dos Pontos - Aprenda a calcular os pontos da dieta.

Continuando com o mesmo exemplo, o IMC da mulher é 33,0. Assim, devem ser subtraídos 200 pontos dos 682 pontos já calculados. Ou seja, devem ser ingeridos 482 pontos diariamente.

Como eu calculo os pontos do que eu como?

Você quer saber quantos pontos tem? Para fazer esse cálculo existem dezenas de aplicativos na internet, mas você também pode calcular os pontos com uma conta simples. Basta você dividir o número de calorias por 3,6!

Confira nesse link quantos pontos alguns alimentos valem!

Dieta fácil de seguir

O sucesso da dieta criada pelo Dr. Halpern está em sua simplicidade, praticidade e comodidade. Para essa autoridade em emagrecimento do Brasil, nenhuma dieta faz milagres. Dr. Halpern também afirma que a dieta não tem apenas a função de fazer seus adeptos perderem calorias, mas também ensinar que comam direito, para evitar o ganho de peso novamente.

Se inspirou para começar a Dieta dos Pontos?

Compartilhe: